<$BlogRSDUrl$>

2003/10/15

Hoje não escreverei poema algum, 

disse o poeta enquanto se barbeava, suspendendo a lâmina a meio da face, esforçando-se para não fitar os seus olhos reflectidos no espelho. Depois de dois insuportáveis segundos de vida (da sua, nomeadamente), tomou fôlego e retomou o gesto, resignado. Reparou, entretanto, que o lavatório precisava de ser limpo.

Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?