<$BlogRSDUrl$>

2004/07/27

Delirium corrente calami (é quase latim...) 

- Apetecia-me era matá-lo!...
- Oh!... Tens cada uma!...
- Sim, matá-lo, por que não?...
- Matá-lo? Ias matar o homem por causa disto?
- Com uma faca...
- Ok. Vamos mas é embora que eu amanhã tenho de levantar cedo...
- Vamos matá-lo?...
- Vamos, um dia destes a gente vem cá e mata-o...
- Vamos matá-lo?... Passamos-lhe o carro por cima e pronto...
- Estás mais bêbedo do que eu, isso é seguro...
- Tens aí uma faca?...
- Não. Tenho um carro... Mas não vamos matar ninguém com o carro. Vamos embora, é tarde...
- E um pau, não arranjas aí um pau?... Filho da mãe!... Eu mato-o!...
- Um ferro era melhor... Está ali um ferro, queres aquele ferro...
- Boa!...
- Estou a brincar... Onde vais? Anda cá!... Se matas o gajo nunca mais falo para ti, pá!...
- Aaaaaahhhhh!!!...
- Olha que cais!... O gajo está naquele sentido da rua...
- Aaaaaaaaahhhhhhhhh!!!...
- Tu cais... Oh! Estás a ver!... Eu avisei.... Magoaste-te?...
- Acho que parti uma perna...
- Não... Só rachaste a cabeça... Melhor chamar uma ambulância... 

(0) comments

This page is powered by Blogger. Isn't yours?